Follow by Email

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Connecticut no Halloween

Primeiramente: Tem um bocaaaado de foto repetida mas isso é por conta do disco cheio e logo será resolvido. Mas what the hell, vou legendar o que for preciso novamente!


Esse é o Ruben, meu querido s2 amigo que já mora em CT há algum tempo. Ele fez o favorzinho de me levar pra Party City, uma loja que tem muitos artigos de festa e fica recheada no Halloween!







Sim, experimentei muita roupa até chegar na fantasia vencedora que foi a de pirata/ roupa de oktoberfest (porque todo mundo acha que é sem o chapéu).

 Aqui havia começado a odisséia em um zoológico com três crianças, lembro que foi mega sofrido mas o legal é que tudo estava temático de Halloween.










 Cara, eu lembro desse combo de sushi porque foi o com o carinha do meu primeiro fora em CT e o primeiro que me apaixonei de lá também. Lembro que a gente saiu algumas vezes e ele sumiu do mapa. Um mês depois apareceu com flores e um pote de sorvete haagen dazs de morango e me deu um cachecol. Aí eu pensei: caracas, agora vai, que perfeito, que tudo!
Poisé, não foi. Ele parou mesmo de falar comigo umas semanas depois. Mas eu fiquei com o cachecol de cashmere dele então tá tudo bem. Se bem que com isso de me dar presentes eu já percebi que toda vez que um boy me dá coisas pessoais é porque ele vai sumir. Podemos dizer que é um trauma de leve ou somente um bônus pelo desaparecimento.




Olha que coisa mais linda as cabaninhas que eu fazia. Já tinha potencial arquitetônico.
Um retrato da violência doméstica. Mentira. Não me lembro o que foi.



Esse é / foi o maior cogumelo que presenciei na vida.



Connecticut se gaba da melhor pizza (New Haven), mas a verdade é que a pizza hut é a melhor de todas e toda vez que eu falo isso um americano morre em algum lugar (eles odeeeeiam pizza hut, mas isso é porque pizza hut lá é realmente ruim).

 
O parquinho da biblioteca

Evan sendo muito lindo comendo frozen yogurt na loja local
 




Quando a maré tá pra peixe... Olha quanto meu sem or!




 
O dia em que decidi ir pra um bar sozinha



Pumpkin picking, parecia ensolarado mas estava um frio do cão que eu lembro até hoje.























Uma das primeiras sessões de cinema no Connecticut post mall. E foi Annabelle, gastei com um filme bosta:/